sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Sobre a merda da infelicidade alheia

TÔ TRISSSSSSSSSTE!

Droga!

Coincidência!!! Li em um dos meus blogs favoritos algo do tipo "pq que os outros sempre acham que a felicidade alheia é passageira (sobretudo quando se trata de amor)? Que logo, logo tudo vai mudar. Que os casais com o tempo deixam de lado o romantismo. E blá, blá, blá..." Tô com uma puta raiva disso.

Domingo alguém que eu amo muito me disse isso. Aaaaaai que coisa!!! Deixem-nos (nós, casais felizes) em paz. Infelicidade não pega. Frustração também não. E eu não me arrependerei de ter-me entregue tanto ao amor, à felicidade, à sensação de bem-estar, aos carinhos e palavras amáveis daquele que eu escolhi pra viver o resto da minha vida. Eu não estou OBRIGATORIAMENTE fadada à frustração amorosa.

Alguém nesse mundão imenso precisa deixar claro para os desavisados que existe AMOR de verdade, e FELICIDADE de verdade, e CASAL de verdade... Siiiiiiiim!!! Casais felizesssss, com todos os predicados que lhes são pertinentes: andar de mãos dadas; inventar códigos que somente nós, casais felizes, podemos compreender e achar super fofucho; ter vontade de comer "cimento verde" (kkkk) só pra ter uma desculpa pra sair, pra ir lanchar, pra ir pernar, pra ir fazer qualquer coisa, só pra ficar sozinho com nosso amor; rir, rir e rir... rir à toa, rir por tudo, rir por nada; mas, chorar também, e chorar muito quando vem as discussões e os tantos "fins do namoro", mesmo quando se tem a certeza que é só mais uma crise, que na manhã seguinte a primeira coisa que ele vai fazer é ligar (ou não), mas se ele não liga, a gente liga, faz manha, diz que é muito fácil pra ele nos esquecer e talz, e então a conversa toma outro rumo, e as vozes começam a ficarem mais brandas, mais amenas, mais melosas... Pois é, minha gente, isso também é amor...

Queria nunca mais ter que encontrar gente frustrada com o amor...

Ai Pai! Socorrei-me!

Um dia ainda dou um cascudo num...

E saio correndo, claro! Principalmente se for a mesma pessoa que me fez passar a semana inteira p. da vida...



P.S.: Ganhei meu primeiro selinho! Mas isso é assunto feliz... E como diz a Larissa: "NÃO SE ENCAIXA" nesse post.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

O Noivado e "A Grande Família"


Novidades sobre



Pow, tô super contente! O que eu imaginava que ía ser apenas um jantarzinho para meus pais e sogros está se transformando num super coquetel para a família toda, graças a ajuda de umas fadas madrinhas (Larissa???? fada???? kkkkkkkkkk). Minhas tias e minha prima-madrinha estão dando uma forçinha(zona) para que a gente possa chamar a cambada toda. Muito maneiro!

O que me resta pensar mesmo é a decoração... Quero fazer uma parada bem bacana. Tô pensando em fazer uma espécie de prévia do que tenho planejado para o casamento... Fotos, fotos e mais fotos. Tem gente que diz que está "out", mas fazer o quê, né??? Gosto é que nem pescoço... Tem gente que nem tem!!! Humpf!

Detalhe: O tal conjunto de talheres azul... Consegui trocar. Com alguma enrolação e muita paciência troquei numa loja que tinha um do mesmo - verde, claro! kkkkkkk.

Mais detalhe: não foi lá que ele foi comprado (Aliás, ele sequer foi comprado... Foi um brinde!).

Mais detalhe ainda: eu já havia discutido com a gerente dessa loja por causa de uns trecos que estavam com valores diferentes. E eu, obviamente, embaixatriz dos direitos do consumidor, exigi pagar o menor preço. Aaaaah! tem base um trem desses???? kkkkkkkkkkk

Olha ele aí... kkkkkkk

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Promessas de mais presentes

Que tudooooooooo!!!

Minha sogrinha prometeu nos dar a GELADEIRA e o FOGÃO...
*
Fiquei chocada!!! Menos duas continhas enoooooormes em nossos, já vazios, bolsos. Super felicidade... Uhuuuuuuu!
*
Notícia tristéeeeeeeerrima: hoje é dia de pagar a mega-ultra-hiper-power estante. Humpf! Super lisura... Bláaaaaaa!
*
E a saga da procura do nosso "home sweet home" continua...
*
Esse findi meu sogro falou pra gente de um condomínio talz... Peguei umas informações e uma raladona que me atendeu disse que iria me retornar em seguida pra falar das prestações. Até agora eu espero. Saco!!!!! Será que esse povo não entende o "sonho do cafofo próprio"????
*
A droga da prestação deve ser um absurdo para um casal "latino-americano, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes..." Ai ai. Tô garrando um ódio dessa pindaíba! kkkkkk
*
Aaaaah pra completar... Esse fds comecei a pesquisa dos buffets. O menor valor foi R$ 8.400,00. Tá doido??? Se eu tivesse essa grana todinha pra dar... assim... na mão... eu não já tinha dado entrada em um barraco qualquer pra mim???
*
Humpf!!!!!!!!
*
Vontade de morrer...
*
Ou de matar...
*
*
*

Detalhe: Falei com a dita cuja da Imobiliária às 8:00 e são 11:00h. Tudo bem são apenas 3 horas. Mas eu já disse que sou ansiosa, né???? Ai, bobagem!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Nossa mesinha de centro

Fiquei super feliz porque descobri no Magazine Luíza a mesinha de centro "igualzinha" a que eu iria comprar... Detalhe: bem mais barata!


Iiiiiiiuuuuuuuuuuupi!!!!

Ela é basicona, mas foi a que eu e meu mozinho gostamos. Redondinha, tabaco e branco, da mesma forma que nossa ultra-mega-hiper-power estante. Sim! Porque ela não é tão somente a estante, ela é AAAAAAA ESTANTE. Bacanérrima!
Estamos felizes também porque ontem ganhamos da mamãe uma cozinha (paneleiro, armário triplo, e aquele p/ cima da geladeira), mas como ela é toda branca vamos completá-la com alguns armários e balcões verdes. Óbvio!
Fim de semana chegando...
Ai ai! Que leseira!
Sono!
Argh!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Meu 1º presentinho


Engraçado como de uma hora pra outra começamos a pensar (mais intensamente) em casamento.

Tudo começou quando a tia Roró ganhou num sorteiozinho entre nós mesmas da loja um conjunto de talheres que havíamos ganho de brinde pela compra de um equipamento. Como ela ía de busão pra casa (kkkkkkkk Ela diz que não!) resolveu me presentear com o tal conjunto.

Fiquei super feliz, mostrei depois pro Marlon e a partir daí começamos a falar direto em casamento.

A única coisa que eu não gosto nele é que ele é azul. Detalhe: meus utensílios domésticos são todos verdes. TUDO BEEEEEEM! Eu sei que é brega, mas fazer o quê se eu simplesmente só consigo enxergar beleza no que é verde? Daí, imaginem então o mundo de cacarecos que eu já comprei e ganhei - T U D I N H O verdíssimo da Silva. kkkk


Meu Biscoitinho diz que devo ter sido uma árvore em outra geração... BOBAGEM!!!


segunda-feira, 11 de agosto de 2008

A escolha da madrinha



Essa criatura bem aqui

<---------------------

é a "COMÉDIA" da minha madrinha de casamento. Pensem numa mala, sem alça, sem rodinhas, cheia de pedras, na beira do rio... Pois é! É ELA! kkkkkkkkk

Brincadeiras à parte, essa é Larissa, minha prima (desde que nasceu! kkkkk)*, uma doidiça que comecei a conhecer melhor este ano, quando começamos a trabalhar juntas. Daí, quando surgiram as primeiras cuuuuunversas sobre meu casamento era ela quem estava ali, sempre falando uma bobagem ou outra, às vezes dando força, às vezes cortaaaaaaaando... E com o passar dos dias (a coisa ficando mais séria) alguns nomes começaram a surgir na minha cabeça sobre quem poderia ser meu braço direito nesse momento tão bacana da minha vida.

Na verdade, prefiro chamá-la de braço ESQUERDO, não só porque aqui na loja o PC dela fica no meu lado esquerdo, mas sobretudo porque a pikena é meio (quase inteiramente) maluquinha. De vez em quando ela vem com cada uma... Só vendo!!! Ou ouvindo pra acreditar! Mas as estórias de Larissa são assunto pra outro post... Qualquer dia desses conto uma.

*Os parênteses são e sempre serão abertos por mim pra falar abobrinhas. (Maiores que as que já está se falando! rsrs)

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Apresentação

Oiiiiiiii!!!

Ansiedade, teu nome Éllyda!
Humpf! Dez milhões de vezes "aff!"
Tô criando "ISSO" aqui pra ver se passa um tiquin da ansiedade que tô tintindo...

Noooooooossa!!!! VAMOS CASAAAAAR!!!!!!
Nem criditu num negócio desses. E hoje, exatamente, no nosso mesário de namoro 05/08/08, quando completamos 1 ano e 11 meses, resolvi vortar com um blog. Siiiiim! Eu já tive um. E pasmem! Na época que paquerávamos ainda. Adivinhem porque o outro foi criado???? Hihihihihi! Porque eu tava ficando maluca já de tanto pensar no meu Biscoitinho.

Agora diz se ANSIEDADE "pouca, não é bobagem" para a pessooooa aqui???


Ai ai! hehehehe




P.S.: Biscoitinho=Marlon