sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Sobre a merda da infelicidade alheia

TÔ TRISSSSSSSSSTE!

Droga!

Coincidência!!! Li em um dos meus blogs favoritos algo do tipo "pq que os outros sempre acham que a felicidade alheia é passageira (sobretudo quando se trata de amor)? Que logo, logo tudo vai mudar. Que os casais com o tempo deixam de lado o romantismo. E blá, blá, blá..." Tô com uma puta raiva disso.

Domingo alguém que eu amo muito me disse isso. Aaaaaai que coisa!!! Deixem-nos (nós, casais felizes) em paz. Infelicidade não pega. Frustração também não. E eu não me arrependerei de ter-me entregue tanto ao amor, à felicidade, à sensação de bem-estar, aos carinhos e palavras amáveis daquele que eu escolhi pra viver o resto da minha vida. Eu não estou OBRIGATORIAMENTE fadada à frustração amorosa.

Alguém nesse mundão imenso precisa deixar claro para os desavisados que existe AMOR de verdade, e FELICIDADE de verdade, e CASAL de verdade... Siiiiiiiim!!! Casais felizesssss, com todos os predicados que lhes são pertinentes: andar de mãos dadas; inventar códigos que somente nós, casais felizes, podemos compreender e achar super fofucho; ter vontade de comer "cimento verde" (kkkk) só pra ter uma desculpa pra sair, pra ir lanchar, pra ir pernar, pra ir fazer qualquer coisa, só pra ficar sozinho com nosso amor; rir, rir e rir... rir à toa, rir por tudo, rir por nada; mas, chorar também, e chorar muito quando vem as discussões e os tantos "fins do namoro", mesmo quando se tem a certeza que é só mais uma crise, que na manhã seguinte a primeira coisa que ele vai fazer é ligar (ou não), mas se ele não liga, a gente liga, faz manha, diz que é muito fácil pra ele nos esquecer e talz, e então a conversa toma outro rumo, e as vozes começam a ficarem mais brandas, mais amenas, mais melosas... Pois é, minha gente, isso também é amor...

Queria nunca mais ter que encontrar gente frustrada com o amor...

Ai Pai! Socorrei-me!

Um dia ainda dou um cascudo num...

E saio correndo, claro! Principalmente se for a mesma pessoa que me fez passar a semana inteira p. da vida...



P.S.: Ganhei meu primeiro selinho! Mas isso é assunto feliz... E como diz a Larissa: "NÃO SE ENCAIXA" nesse post.

Um comentário:

Fernanda disse...

Ellyda, fica assim não... parece que as pessoas não gostam de ver a felicidade alheia não é verdade? Aqui na loja aonde eu trabalho tem um menina que já falou que gosta assim na minha cara do meu noivo, eu quase tive um treco e mandei ela ir tomar em certos lugares... eu não gosto dela.. mas, tenho que conviver olhando para ela... mas, claro que eu sempre dou minhas cortadas de leve, mas dou viu. rs

Espero que você erga a cabeça e bola pra frente... :)) assim, como eu fiz... não será isso que irá me prejudicar.. :))

Beijos, e um maravilhoso fds pra vocês!!
Fer...